Postagem em destaque

COPA DAS ZEBRAS

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Veja aqui as profissões que devem desaparecer até 2022.


Enquanto oportunidades no mercado de trabalho surgem com o avanço da tecnologia, outras perdem utilidade e deixam de existir ao longo do tempo. Um exemplo desta tendência é a profissão de carteiro, um dos trabalhos mais impactados pela tecnologia e lidera o ranking dos mais ameaçados de extinção, segundo o site de carreira CareerCast.  O novo estudo, feito com base em uma análise do instituto de estatística Bureau of Labor Statistics, revelou as carreiras que poderão perder grande parte de seus postos de trabalho (ou até desaparecerem por completo) até 2022. Outra carreira com futuro nada animador é o de repórter de jornal impresso, com uma projeção de queda de 13% nas contratações nos próximos anos. Confira abaixo quais são outras profissões populares que podem desaparecer: Posição Profissão Projeção de retração dos postos de trabalho* *Até 2022 1 Carteiro 28% 2 Agricultor 19% 3 Leitor de medidor 19% 4 Repórter de jornal  13% 5 Agente de viagem 12% 6 Lenhador 9% 7 Comissário de bordo 7% 8 Operador de furadeira 6% 9 Funcionário de gráfica 5% 10 Fiscal de impostos 4%

Nenhum comentário:

Postar um comentário