Postagem em destaque

Juninho Pernambucano

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Em vez do 'golzinho', sul-africanos jogam o 'tijolinho' em Joanesburgo


No futebol improvisado de operários de obra, objetivo é acertar a bola nos blocos colocados em pé

Por João Paulo GarschagenDireto de Joanesburgo, África do Sul
futebol trabalhadores áfrica do sulTrabalhadores posam para fotos após o futebol
(Foto: João Paulo Garschagen/Globoesporte.com)
Quem não conhece o tradicional “golzinho”? Aquela versão não-olímpica do esporte bretão em que, na falta dos 22, o pessoal divide o número de jogadores em campo, delimita o gol com chinelo, coco ou o que tiver a mão, e rola a bola! Em Joanesburgo os locais também praticam a modalidade, mas o jogo é um pouco diferente.
Durante o horário de almoço dos operários que trabalham na obra de duplicação das pistas da Soweto Highway, importante via de Joanesburgo, em vez das tradicionais traves improvisadas que a bola deve cruzar, os jogadores comemoravam gol quando acertavam os dois tijolos colocados em pé, juntos.
- Esse é o nosso jeito de jogar. Adoramos jogar futebol e aproveitamos cada momento livre – diz Bongane Nhlapo, 18 anos, operário que festeja muito a realização do Mundial no seu país.
  - Essa é a minha terra e aqui vamos poder ver as maiores seleções do mundo. Estou muito feliz.
O futebol improvisado foi registrado pela equipe do Globoesporte.com em plena Football Friday (às sextas-feiras os sul-africanos são incentivados a sair às ruas e ir trabalhar vestidos com a camisa dos Bafana Bafana).
- No Football Friday fica mais fácil jogar bola porque a nossa empresa dá camisas da seleção. Fica mais fácil diferenciar os times. Uns jogam com o macacão, outros com a camisa por cima – explica Thabo Tekane, de 38 anos.
futebol trabalhadores áfrica do sulNo detalhe, os tijolinhos que marcam os gols nas peladas da África do Sul (Foto: Reprodução)