Postagem em destaque

COPA DAS ZEBRAS

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Saiba como foi o terremoto no Chile



Tremor na madrugada de sábado matou mais de 708 no país.
Abalo foi sentido até em São Paulo, a 2.850 km do epicentro.
Do G1, em São Paulo
Tamanho da letra
O terremoto de magnitude 8,8 que atingiu a região central Chile na madrugada deste sábado (27) originou-se no mar, perto da cidade de Concepción - a segunda maior do país, com mais de 600 mil habitantes - e a 325 km da capital chilena, Santiago, que abriga 40% dos chilenos. O abalo atingiu as áreas mais populosas do país, onde vivem cerca de 75% da população. 





O tremor ocorreu a uma profundidade relativamente pequena - 35 km. Quanto mais superficial, maior o poder de destruição do sismo. Muitas réplicas, algumas delas com magnitude superior a 5 e potencialmente perigosas, ocorreram nas horas posteriores ao primeiro tremor.

país faz parte de uma área conhecida como "círculo de fogo", onde ocorrem cerca de 80% dos tremores do mundo.

Veja fotos do terremoto

Além dos mortos, que já passam de 700, o terremoto deixou danos no aeroporto de Santiago, que precisou ser interditado e só voltou a funcionar parcialmente no domingo.

Estruturas históricas no centro da capital também ficaram destruídas, assim como um viaduto que liga as regiões norte e sul da cidade.

Parte da 
ponte Viejo, sobre o rio Bío Bío, próxima a Concepción, também desabou com o tremor. A obra, construída em 1937, havia sido desativada em 2002. 

O tremor foi 
sentido nos países vizinhos, inclusive no Brasil. Em São Paulo, a 2.850 km do epicentro, o Corpo de Bombeiros registrou mais de 100 ligações de pessoas preocupadas com o terremoto.

Pequenos tremores foram sentidos em pelo menos seis bairros da capital, sendo que a região da Avenida Paulista foi a mais afetada por ser uma das mais altas da cidade. Imagens feitas na sala de programação da TV Globo, na Paulista, mostram luminárias tremendo de madrugada

Foto: Mario Andrés Vilches/AFP/Reprodução Telesur

Destruição em Santa Cruz, fotografada pelo internauta Mario Andrés Vilches, e fogo em edifício de Concepción. (Foto: Mario Andrés Vilches/AFP/Reprodução Telesur)


sábado, 27 de fevereiro de 2010

'Se continuar assim, o viaduto cai'


Pilastras andam mais meio metro durante a noite na rodovia.
Omar de Castro Ribeiro Junior diz que interdição pode ter evitado tragédia.
Do G1, com informações do SPTV
Tamanho da letra

Com a pista ainda totalmente interditada no sentido Minas Gerais, a rodovia Fernão Dias apresentava 2 km de congestionamento às 19h deste sábado (27). No local do bloqueio, há uma corrida contra o tempo para tentar conter a erosão e impedir que o viaduto desabe.
Veja o site do SPTV 

Debaixo do viaduto, é possível ver que as duas pilastras foram empurradas pela terra e que as vigas também foram deslocadas e já caíram da base de apoio.

Segundo a concessionária que administra a estrada, o deslizamento foi provocado pelas chuvas. A água ainda corre entre a terra. "Se continuar desse jeito, o viaduto cai", afirmou o diretor da Autopista, Omar de Castro Ribeiro Junior.

“Só nesta noite os pilares andaram mais meio metro. Se nós mantivéssemos a pista aberta, poderia ter acontecido um acidente grave”, disse.

A primeira interdição é no km 90, na pista expressa da Fernão Dias, sentido Belo Horizonte. Os motoristas têm que seguir pela pista local até o km 86. A partir daí, os carros podem continuar a viagem por avenidas da Zona Norte da capital, como a Sezefredo Fagundes, a Estrada Santa Inês e a Estrada da Roseira, até pegar a Fernão Dias novamente, em Mairiporã.

Já os caminhões têm de buscar outras rodovias.

Quem acessa a Fernão depois do km 86 pode ir só até o km 79, onde há o bloqueio próximo do deslizamento. A alternativa no local também é a Sezefredo Fagundes.

Às 19h, havia lentidão do km 79 ao km 80 e do km 86 ao km 87, exatamente nos locais de desvio.

Sobre a previsão de liberação da pista, o diretor da concessionária afirmou: "Só Deus sabe".
 

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

CADA COISA...

Eu vi isso aqui e nossa tenho que mostrar.

Eu acho que todas as equipes de futebol, treinasse mais, com certeza teriamos  espetáculos .

Escola é interditada na zona leste





As aulas mal começaram na EMEI Padre Nildo Amaral Júnior, em Itaquera, e já tiveram que ser suspensas. Com a chuva da madrugada de terça-feira, um deslizamento de terra derrubou o muro da escola.
As aulas mal começaram na EMEI Padre Nildo Amaral Júnior, em Itaquera, e já tiveram que ser suspensas. Com a chuva da madrugada de terça-feira, um deslizamento de terra derrubou o muro da escola. 

As mães dos alunos dizem que já tinham alertado a prefeitura sobre o risco de deslizamento. Uma dor de cabeça tremenda para os pais, que têm que sair pra trabalhar e não podem deixar os filhos sozinhos em casa. 

Hoje é o quarto dia que José Francisco falta no trabalho porque as filhas estão sem aula e não podem ficar em casa sozinhas. “É muito complicado, porque se eu não trabalhar como os meninos vão ter o pão dele todos os dias?”, diz José Francisco, pintor. 

Nicole de quatro anos e Manuela de cinco estudam na EMEI Padre Nildo Amaral Júnior no Jardim Nossa Senhora do Carmo em Itaquera. A escola está fechada deste o dia 23 de fevereiro. Na madrugada de terça feira parte de um barranco desabou e derrubou o muro da escola. A defesa civil interditou o prédio e as aulas foram suspensas. 

Sem alternativa as mães estão perdendo dias de serviço. Estão preocupadas com os filhos e com receio de perder o emprego. “Deixei eles em casa e to fora do serviço, pedi licença”, conta Cristiane Fidêncio, analista de crédito. 

“A gente pergunta, ela fala que não tem previsão”, lamenta Eliana do Carmos Santos, diarista. 

Elas contam que hoje foi o primeira vez que homens de uma empreiteira contratada pela prefeitura apareceram para começar a reerguer o muro. “Se chover de novo vai ceder tudo isso, porque não tem condições”, acredita Carmen Lúcia Antonia de Souza, costureira. 

Parte do entulho já foi retirada, mas dá pra ver que a terra toda que cedeu chegou bem perto das salas de aula. É justamente por isso que os pais têm medo de novos deslizamentos. “A qualquer momento que chover, devido a terra já estar molhada, como vamos por nossos filhos pra estudar numa situação dessa?”, questiona Valdiléia Passos de Souza Silva, dona de casa. 

As mães não ficaram surpresas com o desmoronamento. Já tinham alertado a subprefeitura de Itaquera do risco. “A gente questionou, outras mães também, e aconteceu. Vai acontecer mais. Se não tirar aquelas árvores vai acontecer o pior”, acredita Cristiane. 

_"Oha eu conheço essa escola, meus dois filhos estudaram lá quando morei nesse bairro, mas o que acontece são os loteamentos clandestinos que fazem ao redor, sem a menor fiscalização eles chegam e tomam conta de tudo, o resultado é isso ai, esse absurdo, e como chove bastante  o perigo é muito grande por ali, não só na escola, mas as casas lá em cima do morro, vamos fiscalizar prefeitiura"...



quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Funcionária de lotérica diz à polícia que esqueceu de registrar aposta


Outros funcionários devem prestar depoimento sobre suposto bolão.
Dono da lotérica é investigado por suspeita de estelionato.

Do G1, em São Paulo
Tamanho da letra
Em depoimento prestado à polícia nesta quinta-feira (25), uma funcionária da lotérica de Novo Hamburgo (RS) afirmou ter esquecido de registrar a aposta do suposto bolão premiado da Mega-Sena. A aposta seria sorteada no concurso 1.155, no sábado (20).

Ainda segundo o que afirmou ao 
G1o delegado Clóvis Nei da Silva, outros funcionários da lotérica devem ser ouvidos nos próximos dias, para dar continuidade à investigação.
 
Um grupo de moradores de Novo Hamburgo reclama a participação em um bolão e diz ter acertado os números sorteados da Mega-Sena. No entanto, a Caixa Econômica Federal informou que não há apostas vencedoras. O dono da lotérica é investigado por suspeita de estelionato. A Caixa investiga o caso.

Imagens do circuito interno da lotérica, divulgadas na quarta-feira (24), mostram o desespero da funcionária ao perceber que não tinha feito os jogos.
 
De acordo com Silva, não há prazo para conclusão do inqúerito policial. "Apenas a lotérica é investigada, pois não houve aposta. Agora, se houve falha de fiscalização da Caixa sobre os bolões, a investigação passa a ser no foro cível e não cabe apuração na esfera criminal."

Com 122 km de lentidão, trânsito em SP bate recorde no ano


Com 122 km de lentidão, trânsito em SP bate recorde no ano

A cidade de São Paulo registrou recorde de lentidão no turno da manhã às 8h30 desta quinta-feira (25) quando foram verificados 122 quilômetros de congestionamento nos 835 quilômetros de vias monitorados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

De acordo com a CET, as filas são causadas pela chuva que atinge a capital nesta manhã e a ocorrência de vários acidentes. Um dos mais graves foi na Marginal Tietê, por volta das 7h40, quando dois caminhões colidiram no sentido da Rodovia Ayrton Senna, na pista expressa, na altura da Ponte das Bandeiras. Por volta das 8h50, os veículos permaneciam ocupando a faixa da direita da via.

O recorde anterior era de 118 quilômetros de congestionamento e havia sido registrado às 9h30 da segunda-feira (22) também por causa da chuva. 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Coerência incoerente


A lista de jogadores selecionados por Mano Menezes para a disputa da Libertadores pelo Corinthians consegue ser, ao mesmo tempo, coerente e incoerente.
Nota-se, nitidamente, que seu empresário, mais uma vez, foi beneficiado.
Única explicação para que o quarto goleiro da equipe, Rafael Santos, seja o reserva imediato de Felipe em um torneio tão importante.
A presença do zagueiro Paulo André, na lista, proporcionará, sem dúvida, fortes emoções ao torcedor corinthiano durante as partidas.
Percebemos, com estranheza, as ausências de Escudero e Balbuena dessa lista.
Jogadores abaixo da média (com salários generosos), que foram contratados sob pretexto da disputa deste torneio.
Das duas, uma.
O dinheiro do clube vem sendo jogado no lixo com a aquisição equivocada dessas duas personalidades ou, na verdade, o interesse era outro, beneficiando apenas aqueles ligados às contratações.


Força Ricardo Gomes !


Desejo, de coração, melhoras ao treinador Ricardo Gomes, vítima de um pequeno AVC no último domingo.
Um treinador da banda boa, raridade nos dias de hoje.
Minha admiração por ele cresceu muito quando passei a freqüentar os bastidores das partidas.
Discreto, humilde e trabalhador, Ricardo Gomes trata a todos com a mesma atenção, sem o estrelismo de muitos, que se acham acima do bem e do mal.

Extinção, cassetete e cadeia


Bandidos das facções criminosas Mancha Verde e Independente aprontaram, novamente, nas cercanias do Parque Antártica.
Além disso, após a partida, depredaram patrimônios por onde passavam e agrediam quem nada tinha a ver com a barbárie.
Muitos deles, garotos entre a adolescência e os 25 anos de idade.
Até quando os pais permitirão que seus filhos façam parte desses antros de marginalidade ?
Quem não sabe que além dessas brigas existe o livre comercio de drogas e de produtos roubados nestes locais ?
Tudo avalizado por vereadores que, em troca de votos, freqüentam os locais e fingem nada ver.
A solução é simples.
Retirem essa gente de suas sedes.
Faça valer o que está na lei, numerando os lugares das partidas, deixando estes covardes sem o escudo da aglomeração.
E, se mesmo assim, insistirem em fazer o que fazem, nas ruas, nada que uma boa dose de cassetete com cadeia não resolvam.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Boa Luxa !




O blog parabeniza o brilhante trabalho do “profexô” V(W)anderlei(y) Luxemburgo dirigindo o Atlético/MG
Em um campeonato “disputado” como é o mineiro, ficar na sexta colocação (podendo cair para oitavo após esta rodada), em um torneio disputado tradicionalmente por duas equipes, não é para qualquer um.

Sangue na banana



V(W)anderlei(y) Luxemburgo tem sangue nas veias.
Não deu banana para os torcedores do Cruzeiro.
Tem honestidade.
Não foi condenado por falsidade ideológica, sonegação de impostos, nem ficou sem explicar a origem de R$ 10 milhões em sua conta, na CPI do futebol.
É um treinador ético.
Não negocia jogadores para receber comissão, nem os escala no lugar de atletas melhor qualificados.
É muito bem visto em Madureira, cidade que lhe dá um de seus apelidos.
Nunca cometeu “picaretagens” quando era vendedor de veículos.
Recebe elogios “sinceros” de boa parte da imprensa.
Nunca “presenteou” jornalistas, entre eles, Milton Neves.
O mundo é realmente muito injusto com um homem, como ele, conhecido por falar a verdad

O vexame dos Gaviões da Fiel

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Dois torcedores do São Paulo ficam feridos após ataque de palmeirenses

Agressão a são-paulinos ocorreu na Rua Monte Alegre, em Perdizes.
Vítimas foram levadas para a Santa Casa, no Centro; ninguém foi preso.



Dois torcedores do São Paulo ficaram feridos depois de serem atacados por um grupo de plameiresenses, por volta das 16h30 deste domingo, na altura do número 200 da Rua Monte Alegre, em Perdizes, na Zona Oeste de São Paulo, de acordo com informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Palmeiras e São Paulo se enfrentam neste domingo, no Parque Antarctica, também na Zona Oeste, pelo Campeonato Paulista de 2010. O clássico teve início às 17h. Os dois são-paulinos foram socorridos por equipes do Corpo dos Bombeiros e encaminhados à Santa Casa de Misericórdia, no Centro da capital. Segundo a polícia, ninguém foi preso pelas agressões. O caso foi registrado no 23º DP, de Perdizes.


Confrontos
Segundo a Polícia Militar de São Paulo, foram registrados neste domingo confrontos entre torcedores do Palmeiras e do São Paulo na Zona Leste da capital e em Santo André, no ABC, horas antes do clássico entre estas duas equipes.

Por volta das 13h30, palmeirenses e são-paulinos se enfrentaram nas imediações da estação da CPTM de Santo André. Com a chegada da polícia, muitos correram para a estação e pegaram o trem. Ao menos sete deles, no entanto, foram detidos portando pedaços de pau e de ferro. Eles foram levados para 1º DP do município, onde prestaram depoimento.

E, às 10h, pelo menos 57 torcedores do São Paulo foram presos, também portando paus e pedaços de ferro, no Itaim Paulista, na Zona Leste de São Paulo. Pouco antes eles teriam participado de um ataque a um ônibus com palmeirenses na Rua Enseada das Garoupas, próximo à Praça Sílvia Telles. Os torcedores detidos foram encaminhados ao 50° DP, no Itaim Paulista. Não há registro de vítimas nem de danos materiais