Postagem em destaque

Juninho Pernambucano

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Alvo de protestos, novo governador desiste de festa de Brasília


Rogério Rosso (PMDB) teve carro cercado por manifestantes durante evento.
Segundo PM, 850 mil pessoas passaram pela Esplanada até as 17h30.

Robson Bonin e Débora SantosDo G1, em Brasília
aniversario de brasilia 50 anosO novo governador do DF, Rogério Rosso (PMDB)
pela manhã, durante hasteamento da bandeira
do Brasil (Foto: Nathalia Passarinho)
O novo governador do Distrito Federal, Rogério Rosso (PMDB), deveria assistir aos shows do aniversário de 50 anos da capital no camarote do governo que foi montado ao lado do palco, na Esplanada dos Ministérios. O confronto com manifestantes em um dos eventos desta quarta-feira (21), no entanto, fez Rosso desistir.
Seria a primeira aparição do governador, eleito para o mandato-tampão de oito meses, em um evento de massa no DF. Pela manhã, Rosso teve o carro cercado por manifestantes contrários ao escândalo do mensalão do DEM de Brasília, que marca o DF desde novembro de 2009, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Caixa de Pandora.
O cerimonial e a segurança do governador do DF chegaram a fazer uma varredura no camarote para preparar a chegada de Rosso, prevista para as 19h. Por volta de 20h30, no entanto, os agentes que aguardavam o governador foram comunicados de que ele havia desistido de comparecer. Apenas um dos filhos da vice-governadora, Ivelise Longhi, apareceu no camarote. “Os manifestantes fizeram com que ele [o governador] desse uma acalmada na agenda”, disse ao G1, um dos seguranças de Rosso.
Apesar de todo o procedimento adotado para esperar Rosso, a assessoria disse que o governador não esteve na Esplanada porque queria "se preservar". A assessoria disse ainda que Rosso avaliou “que não era importante aparecer na festa”, que ele “não queria aparecer em palco” e que “seu objetivo era trabalhar”.

Festa
Segundo estimativa da Polícia Militar, até 17h30 cerca de 850 mil pessoas já haviam passado pela Esplanada. Artistas nacionais comandaram a festa. A dupla sertaneja Pedro Paulo e Matheus abriu as apresentações por volta de 16h30. A banda Paralamas do Sucesso deu continuidade ao evento, que teve ainda Nando Reis, Daniela Mercury e Zélia Duncan. O cantor Milton Nascimento será a última apresentação. A celebração do aniversário de Brasília vai ser encerrada por volta de 1h desta quinta-feira (22), quando será realizada uma queima de fogos de 30 minutos de duração.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, foram registradas ocorrências de arrombamentos de carros, brigas, desaparecimento de pessoas, perda de documentos, apreensão de facas, e embriaguez. O balanço com os números finais da festa deve ser divulgado no final do evento.
‘Esforço para a festa acontecer’
Ao longo de todo o dia, integrantes da organização da festa já comemoravam o sucesso do evento. Havia o temor de que o escândalo político no DF e a ameaça de uma intervenção federal pudessem prejudicar a festa. A cantora Daniela Mercury comemorou. “Fizemos muito esforço para esta festa acontecer. Me emocionei muito o tempo todo. É uma festa para Brasília reconhecer a si mesma. Brasília merece.”
http://g1.globo.com

Comemoração diferente

Na partida entre NK Zadar e Inter Zapresic, em Zadar, pela primeira divisão do campeonato croata, no último fim de semana.
Tomislav Bosec, do Inter, fez o gol e resolveu ir para a galera, só que com a do adversário. Se ele não sabia, um torcedor do Zadar tratou de lembrá-lo com um tapa da orelha.
Tem cada jogador viu?