Postagem em destaque

COPA DAS ZEBRAS

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

SENHAS NA INTERNET


'123456' é senha mais usada na internet, diz estudo

Um estudo feito por uma empresa de segurança de dados dos Estados Unidos revelou quais são as senhas mais comuns usadas pelas pessoas para acessar sites e serviços pela internet.


A empresa Imperva analisou 32 milhões de senhas recentemente reveladas após um ataque de hackers ao site RockYou.com.


Na lista, entre as dez senhas mais comuns, estão cinco versões mais longas ou mais curtas da sequência de algarismos de 1 a 9.


Em primeiro lugar está a senha "123456", usada por cerca de 1% dos usuários do RockYou.com.


Outras senhas incluem nomes próprios, gírias, palavras conhecidas e senhas triviais, compostas por letras vizinhas no teclado, por exemplo.


O estudo também identificou que muitas das senhas são usadas também em outros sites, incluindo os de redes de relacionamento e de lojas virtuais.



 20 anos


"As pessoas precisam entender o que a combinação de senhas fracas significa no mundo de hoje, em que os cyberataques são automatizados: com um mínimo esforço, um hacker pode ganhar acesso a uma nova conta a cada segundo - ou mil contas a cada 17 minutos", explicou Amichai Shulman, um dos diretores da Imperva.


Segundo a empresa, quanto mais curta e simples a senha escolhida, mais suscetível o usuário está aos ataques.


"O problema mudou muito pouco nos últimos 20 anos", disse Shulman, referindo-se a um estudo de 1990, realizado pela Unix e que mostrava um padrão de escolha de senhas parecido com os de hoje.


Em geral, sites recomendam que as senhas contenham algarismos e letras, além de caracteres em letras maiúsculas e minúsculas.
 g1.globo.com

Câmeras flagram momento em que ex-marido mata cabeleireira a tiros

Crime ocorreu em salão de beleza em Belo Horizonte.
Ex-marido fugiu e ainda não foi encontrado pela polícia.

Uma cabeleireira de 31 anos foi morta com sete tiros pelo ex-marido, em Belo Horizonte, nesta quarta-feira (20). Ela já havia sido ameaçada de morte e tinha registrado oito queixas contra ele na delegacia. O momento do crime foi gravado por câmeras de segurança.


Veja o site do MGTV

As imagens mostram quando o ex-marido da jovem entra no salão. Ele chega armado, afasta quem está perto, para diante da cabeleireira e começa a disparar. Ele continua a atirar mesmo quando a vítima está caída no chão.
 
O criminoso fugiu e ainda não foi encontrado pela polícia. Ele será indiciado por homicídio qualificado.