Postagem em destaque

COPA DAS ZEBRAS

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Pais de menino resgatado em enchente agradecem a heróis anônimos

Salvar uma vida é maravilhoso’, disse Roberto Lima.
Ajudante-geral também perdeu tudo na enchente.

A família do menino Enzo, personagem de um resgate emocionante nesta terça-feira (26), reencontrou alguns dos heróis anônimos nesta quarta-feira (27). O objetivo do reencontro foi agradecer por salvar a vida do garoto de pouco mais de um ano durante uma enchente, na Zona Norte de São Paulo. 


Veja o site do SPTV 

”Através do vidro daqui a gente via o desespero da mãe, o desespero da sogra dela, que veio para poder resgatá-la. E principalmente a emoção do rapaz segurando por uma corda. Caiu várias vezes dentro da água, se levantou foi aí que conseguiu fazer o resgate”, contou uma vizinha.



“Foi difícil chegar lá. Fui nadando, fui segurando nos portões, nas grades, até que o motoqueiro jogou a corrente por cima do posto, do muro do posto. Foi aí que amarrei. Foi a hora que ela passou o nenê. Peguei na mão dela, também veio tudo junto”, contou o ajudante-geral Roberto Augusto de Lima.

“Acabei ajudando o rapaz, que pegou a criança. Ele estava amarrado na corrente. Aí eu passei para o motoboy e graças a deus acabou tirando a criança de lá”, completou Thiago Bortoloti, outro vizinho que ajudou no resgate.

Ana e Fábio, os pais de Enzo, passaram o dia agradecendo quem se arriscou para salvar a família. A reportagem do SPTV os acompanhou nestes agradecimentos e descobriu que o herói também foi vítima.

“Salvar uma vidinha dessa é maravilhoso. Não estou nem ligando para o que perdi aqui. Perdi tudo, tudo aqui”, lamentou Roberto, para logo em seguida completar: “Essa riqueza, aqui, quem não ia salvar?”

“Na hora o que ele mais me falava era fica calma, porque eu também perdi tudo. O importante é sua vida”, revelou Ana Paula dos Santos. “Uma parte estou nervoso, uma parte estou feliz. Uma coisinha linda dessa assim”, finalizou Roberto.