Postagem em destaque

FORBES divulga as marcas mais valiosas do mundo em 2018

Uma marca robusta ajuda a aumentar a demanda e o poder de preço. As cinco marcas de tecnologia mencionadas fazem isso melhor do que quai...

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Funcionária de lotérica diz à polícia que esqueceu de registrar aposta


Outros funcionários devem prestar depoimento sobre suposto bolão.
Dono da lotérica é investigado por suspeita de estelionato.

Do G1, em São Paulo
Tamanho da letra
Em depoimento prestado à polícia nesta quinta-feira (25), uma funcionária da lotérica de Novo Hamburgo (RS) afirmou ter esquecido de registrar a aposta do suposto bolão premiado da Mega-Sena. A aposta seria sorteada no concurso 1.155, no sábado (20).

Ainda segundo o que afirmou ao 
G1o delegado Clóvis Nei da Silva, outros funcionários da lotérica devem ser ouvidos nos próximos dias, para dar continuidade à investigação.
 
Um grupo de moradores de Novo Hamburgo reclama a participação em um bolão e diz ter acertado os números sorteados da Mega-Sena. No entanto, a Caixa Econômica Federal informou que não há apostas vencedoras. O dono da lotérica é investigado por suspeita de estelionato. A Caixa investiga o caso.

Imagens do circuito interno da lotérica, divulgadas na quarta-feira (24), mostram o desespero da funcionária ao perceber que não tinha feito os jogos.
 
De acordo com Silva, não há prazo para conclusão do inqúerito policial. "Apenas a lotérica é investigada, pois não houve aposta. Agora, se houve falha de fiscalização da Caixa sobre os bolões, a investigação passa a ser no foro cível e não cabe apuração na esfera criminal."

Com 122 km de lentidão, trânsito em SP bate recorde no ano


Com 122 km de lentidão, trânsito em SP bate recorde no ano

A cidade de São Paulo registrou recorde de lentidão no turno da manhã às 8h30 desta quinta-feira (25) quando foram verificados 122 quilômetros de congestionamento nos 835 quilômetros de vias monitorados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

De acordo com a CET, as filas são causadas pela chuva que atinge a capital nesta manhã e a ocorrência de vários acidentes. Um dos mais graves foi na Marginal Tietê, por volta das 7h40, quando dois caminhões colidiram no sentido da Rodovia Ayrton Senna, na pista expressa, na altura da Ponte das Bandeiras. Por volta das 8h50, os veículos permaneciam ocupando a faixa da direita da via.

O recorde anterior era de 118 quilômetros de congestionamento e havia sido registrado às 9h30 da segunda-feira (22) também por causa da chuva.