Postagem em destaque

Tem lugar que é proibido ser gay

Essa semana, mais precisamente dia 17 de maio foi comemorado o Dia internacional Contra a Homofobia Um dia muito importante para a comuni...

domingo, 8 de junho de 2014

Noiva é criticada por prender bebê na cauda do vestido, nos EUA


Uma noiva da cidade norte-americana de Jackson (Estado do Tennessee) recebeu várias críticas em sua página no Facebook após fazer algo, digamos, inusitado em sua cerimônia de casamento. Shona Carter-Brooks levou sua filha bebê, de um mês de idade, para a igreja, só que presa à cauda do vestido. De acordo com informações do site "Buzzfeed" e do jornal britânico "Daily Mail", depois dos comentários negativos postados contra ela na internet, Carter-Brooks se defendeu, afirmando que a criança estava "acordada e em segurança" e "coberta por Cristo". "As pessoas sempre vão ter algo negativo a dizer", publicou a noiva. "Nós fazemos o que queremos, quando queremos, enquanto Jesus está ao nosso lado, tudo deu certo", afirmou na rede social. O casal teria oficializado a união no último dia 12 de maio. As críticas à "inovação" na cerimônia foram de "sem classe" a "incrivelmente perigoso", com muitas pessoas dizendo que a criança poderia ter sofrido algum tipo de queimadura ou machucado por ter sido arrastada sobre o tapete que cobria o chão. "Me desculpe, mas se eu tivesse visto aquilo eu teria levantado do meu lugar e teria pego aquele bebê. Aquilo é realmente estúpido", disse uma pessoa na internet. A fotografia que mostra os noivos após o "sim" com a menina deitada na parte do vestido que se arrasta pelo chão não está mais na página de Carter-Brooks no Facebook, e só ficaram os comentários de apoio à ela e ao marido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário