Postagem em destaque

MANÉ GARRINCHA

sábado, 10 de maio de 2014

Ladrões usam fio dental e fita adesiva para tirar dinheiro de caixas eletrônicos


Objeto é feito com fio dental e fica adesiva. (Foto: Juliano Cunha – Banda B) A polícia desmascarou mais uma ‘nova modalidade‘ de roubo a caixas eletrônicos na Grande Curitiba. O caso aconteceu em um aparelho do banco Santander na Rodovia da Uva, em Colombo, na região metropolitana, no final na manhã deste sábado (1º). Ao invés de bananas de dinamite, o instrumento usado nessa ação foi feito com um pedaço de fio dental e duas tiras de fita dupla-face. Segundo o soldado Flávio da Ronda Tático Motorizada (Rotam) da Polícia Militar, essa já a terceira ou quarta vez que o ‘truque’ é identificado neste mesmo caixa eletrônico. Os autores colam a fita no fio dental e a insere na abertura destinada aos depósitos. “A pessoa coloca o envelope na máquina, mas ele fica grudado”, explicou o soldado à Banda B. Geralmente, essa manobra é feita em caixas preferenciais, que recebem clientes considerados vulneráveis pelos criminosos. Além disso, a aplicação do dispositivo é realizada e os responsáveis continuam no local, vigiando a vítima para pegar o envelope depois. Dessa vez, a ação foi descoberta depois que uma pessoa fez o depósito e percebeu que o comprovante não foi emitido pelo caixa. “É bom ficar sempre atento, já que essa é uma forma bem artesanal de efetuar o roubo”, concluiu o soldado. A polícia continua a investigar o caso para localizar os responsáveis. “Cospe-nota” Outra tentativa de arrombar caixas eletrônicos foi flagrada pela polícia na tarde deste sábado (1º). Policiais militares prenderam um casal de São Paulo em uma agência bancária na esquina das ruas Tibagi com a Marechal Deodoro. A mulher, de 24 anos, e o homem, de 27, foram abordados em situação suspeita e foram encontrados usando um aparelho “cospe-notas”. Depois de instalado no caixa, o artefato faz a máquina soltar todas as notas que contém. Nenhum dos dois tinha passagens pela polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário