Postagem em destaque

MANÉ GARRINCHA

domingo, 25 de maio de 2014

Aplicativo de masturbação feminina é rejeitado na iTunes Store. Os masculinos são liberados

Há quase um ano falamos aqui sobre um aplicativo incrível que ajudaria milhares de mulheres a conhecerem seu corpo e atingir mais prazer sexual. Era o Happy PlayTime. E ele foi rejeitado da iTunes Store. “A explicação dada foi que o 'conceito não era algo o que a Apple gostaria de incentivar'”, escreveu a criadora do game, Tina Gong. Ok, é um aplicativo de sexo. Mas, calma aí, será que não existem apps assim por lá? Existem, mas é tudo uma questão de foco. Aplicativos que enviam fotos de mulheres semi-nuas, existe um que checa quanto tempo o cara conseguiria bater uma punheta e existem alguns mapas que mostram onde é mais fácil transar com as garotas. O problema não é falar sobre sexo. O problema é ter o desenho de uma vagina, é falar sobre masturbação feminina, é em poderar mulheres e ajudar com que sejamos mais livres. Sim, a sociedade dá pesos diferentes para esses assuntos dependendo de qual o público alvo: homens podem, mulheres não.AAAAAOxg/3ExtfP6hTpk/s640/ruiva630.jpg" />

Nenhum comentário:

Postar um comentário