Postagem em destaque

MANÉ GARRINCHA

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Imagem, já mostrada em outros telejornais da Globo, revoltou o público na hora do almoço.


Na tarde desta quarta-feira (23) o "Jornal Hoje" exibiu uma reportagem sobre Douglas Rafael da Silva Pereira, 26 anos, mais conhecido como DG. Ele era dançarino do programa "Esquenta", de Regina Casé, e foi encontrado morto em uma creche no morro Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, na zona sul do Rio.A reportagem, que durou cerca de 6 minutos, exibiu uma imagem do corpo do dançarino já morto, estirado no chão da creche onde foi encontrado. A foto obtida com exclusividade pela TV Globo foi ao ar quase na sua totalidade, apenas com o efeito "blur", distorção, no rosto de Douglas. A exibição da imagem gerou uma forte e negativa repercussão nas redes sociais. Internautas acusaram a emissora de explorar a foto em pleno horário do almoço. "Hoje vai ter presunto no almoço", disse o tuiteiro @xCiipri. A foto do dançarino DG já foi mostrada em outros telejornais da emissora, como o "Jornal da Globo" e o "Bom Dia Brasil". Eravisto Costa e Sandra Annenberg ao final da reportagem. Reprodução/ TV Globo O perfil Luciana Thees também reclamou: "@jhoje foto de gente morta em plena hora do almoço? JH virou 'cidade alerta'????". O internauta vinn200 comentou: "A classe A/B do Jornal Hoje deve ter adorado o presunto da hora do almoço". Já Ingrid_Sun bradou: "Falta de respeito ! Rede Globo exibindo foto nítida do corpo do Dançarino DG @jornalhoje". ViithorWins escreveu: "Q horror.. isso e coisa de pgm policial local. Cidade 190 emocionado". "@JHoje e @rede_globo, não tem a mínima necessidade de mostrar o corpo do Douglas. Vai ser em todo jornal isso?", reclamou mais um internauta. Na Globo, foto foi exibida quase sem desfoque, o que gerou a revolta dos internautas Em tempo: Regina Casé lamentou a morte do dançarino DG. Ela, que está de férias, afirmou estar arrasada com a morte de DG em comunicado oficial. "Eu estou arrasada e toda a família Esquenta está devastada com essa notícia terrível. Uma tristeza imensa me provoca a morte do DG, um garoto alegre, esforçado, com vontade imensa de crescer. O que dizer num momento desses? Lamentar claro essa violência toda que só produz tragédias assim. Que só leva insegurança às populações mais pobres do país. Agora, é impossível saber exatamente o que houve. Mas é preciso que a Polícia esclareça essa morte, ouvindo todos, buscando a verdade. A verdade, seja ela qual for, não porá fim à tristeza. Mas é o único consolo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário