Postagem em destaque

Qual é o significado do Ramadã?

Hossein Kamaly é um professor do Barnard College especializado em estudos islâmicos e história do Oriente Médio. Nesta entrevista, ele exp...

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Regina Duarte sobre ‘Em Família’: ‘Adoraria fazer mas não fui convidada’


Regina Duarte, 66, confessou que apesar de não ter sido convidada para integrar o elenco de "Em Família", ela gostaria muito de atuar na nova novela das 21h. Atriz queria participar de "Em Família" (Divulgação: TV Globo) "Adoraria fazer parte, mas não fui convidada. Lamento e, ao mesmo tempo, entendo perfeitamente o desejo do Maneco de fazer uma escalação com os novos talentos da nossa dramaturgia. Vou estar sempre ligada aplaudindo todos os passos de 'Em Família'", revelou a atriz ao jornal "Extra". A artista já interpretou três vezes Helena, a simbólica personagem das histórias de Manoel Carlos, 80. "Todas me atingiram profunda e positivamente com suas posturas e atitudes. Elas tinham em comum a compaixão levada a extremos, a solidariedade e a capacidade de amar sem se ater a fronteiras", disse ela que fez "História de Amor" (1995), "Por Amor" (1997) e "Páginas da Vida" (2006). O último trabalho de Regina na telinha foi no remake de "O Astro", exibido pela Globo em 2011."Adoraria fazer parte, mas não fui convidada. Lamento e, ao mesmo tempo, entendo perfeitamente o desejo do Maneco de fazer uma escalação com os novos talentos da nossa dramaturgia. Vou estar sempre ligada aplaudindo todos os passos de 'Em Família'", revelou a atriz ao jornal "Extra". A artista já interpretou três vezes Helena, a simbólica personagem das histórias de Manoel Carlos, 80. "Todas me atingiram profunda e positivamente com suas posturas e atitudes. Elas tinham em comum a compaixão levada a extremos, a solidariedade e a capacidade de amar sem se ater a fronteiras", disse ela que fez "História de Amor" (1995), "Por Amor" (1997) e "Páginas da Vida" (2006). O último trabalho de Regina na telinha foi no remake de "O Astro", exibido pela Globo em 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário