Postagem em destaque

MANÉ GARRINCHA

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

O GRITO MACHISTA


Demi Moore e Dilma na praia (Fotos: Grosby Group/Agência Estado) Fim de ano, praia, sol e… patrulha. Na semana de férias entre o Natal e o Ano Novo, duas mulheres resolveram ir para a praia. Uma não tem nada a ver com a outra. Talvez somente o fato de serem famosas e por isso vigiadas. Caso 1. Demi Moore. A atriz foi para a praia linda de biquíni, com um namorado de 27 anos. Escândalo! Redes de debate sobre o corpo da moça (e sua ousadia de ter ido à praia de biquíni aos 50!) foram formadas. Um site chegou a falar que “Demi exibia barriga flácida em banho de mar”. Não, não exibia. Mas e se exibisse? Pare para pensar uns segundos. Quantas vezes você viu um homem ser atacado por exibir barriga flácida? Outro álbum na internet alertava para o milagre: "veja fotos de famosas que arrasam no biquíni mesmo depois dos 40." Para. Tudo. E tente trocar a manchete: “veja fotos de homens que arrasam de sunga mesmo depois dos 40.” Não existe. E não, o Brasil não é machista. Não, imagina. Cena 2. A presidente Dilma Roussef também foi à praia. Como uma senhora de 67 anos, presidente, ela usou um maiô. Foi fotografada por paparazzi. Normal. Já aconteceu com o Lula e com o FHC. Só que eles não foram xingados como a presidenta, não, não foram. “Volta para o mar, oferenda”, disseram por aí. A presidenta foi chamada, entre outras coisas de: Monstro do Lago Ness, Gordzilla etc etc. Ela é presidenta. Ela não precisa mostrar um corpo impecável, não. Aliás, ninguém precisa. Mas é verão! É hora de vigiar o corpo das mulheres e de rir delas. Seja ela uma atriz de Hollywood, uma famosa da Globo, uma mina anônima ou a Presidenta da República. Certas coisas não mudam. Nina Lemos Blog da Nina Lemos

Nenhum comentário:

Postar um comentário