Postagem em destaque

Casamento Real

O Príncipe Harry e a atriz norte-americana Meghan Markle casaram-se neste sábado (19) na Capela de São Jorge, no castelo de Windsor. Co...

sábado, 27 de outubro de 2012

JARDIM DE INVERNO

Para amenizar a falta de claridade e ventilação na casa paraense, um jardim de inverno com plantas em vasos.
Quem mora na região amazônica convive com uma taxa de umidade de até 90%. "Chove todos os dias", conta a arquiteta Priscila Matsuda, que há dois anos saiu de São Paulo para trabalhar em Belém e logo notou que teria de lidar com essa característica em seus projetos. Foi o que se deu na reforma da casa térrea adquirida pelo gerente de compras Marcelo Alencar em Ananindeua, região metropolitana da capital paraense. A moradia de 150 m² não tinha muitas aberturas, tornando o interior escuro e úmido. "Sugeri transformar um corredor sem cobertura em um jardim de inverno, uma espécie de respiro e de fonte de luz para os quartos e o estar", diz a arquiteta, que optou por um jardim de vasos, já que Marcelo vive sozinho e não tem tempo de cuidar de plantas.
Para ajudar no escoamento da água da chuva, o contrapiso recebeu manta drenante do tipo bidim e, por cima, seixos brancos e argila expandida. O toque final veio com o muro revestido de filetes de pedra cariri e valorizado pela iluminação especial. "Quando estou na sala, deixo só o jardim aceso. O clima fica aconchegante", fala o morador. Texto Renata S. Faggion (SP) Fotos Antonio Carlos (PA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário