Postagem em destaque

MANÉ GARRINCHA

sábado, 29 de outubro de 2011

Amigos Virtuais?...

Quando surgiu essa fascinante rede mundial de comunicação – a internet –, abriram-se infinitas possibilidades de interação entre as pessoas pelo mundo todo, multiplicando-se amizades, amores, conhecimento... e muito mais...
Na vida, pode-se utilizar de forma indevida qualquer objeto: a mesma faca que corta seu pão poderá servir para ferir alguém... os mesmos lábios que utilizamos para beijar e acariciar, poderão ser veículos de infâmias e calúnias... O bom uso depende do usuário e de suas intenções.

Para os homens de boa-vontade, a internet tem amplos e positivos significados: desde uma fonte inesgotável e sempre crescente de conhecimento, sabedoria e reflexão, a uma possibilidade real de espantar o fantasma da solidão - para os tímidos, para os idosos, para qualquer um de nós...

E para os românticos, então...

Para os românticos assumidos, tornou-se um cantinho mágico, onde amizades e amores interagem e proliferam positivamente; onde mensagens, poemas, meditações e reflexões, trocados constantemente, trazem alento às almas sofridas, são bálsamos de ternura e encantamento que tornam o dia-a-dia mais feliz e as horas de incerteza, mais suportáveis... e para os não-românticos, uma chance de também se envolver e descobrir o fascínio dessa convivência mágica.

Convencionou-se chamar o universo da internet de "espaço virtual".

Serão essas pessoas amigos virtuais?

Não...

São reais. São amigos reais.

São reais em sua presença diuturna em nossas vidas, nos proporcionando ensinamentos, ajudando-nos a nos tornarmos seres humanos melhores.

São reais na medida em que nos incentivam em nosso processo contínuo de aperfeiçoamento moral, com a difusão de palavras em mensagens que nos conduzem a preciosos momentos de reflexão.

São reais, porque vivenciam conosco momentos reais de felicidade.

São reais porque nos ajudam a compreender que a verdadeira felicidade passa pelos bons sentimentos: de amor ao próximo, de solidariedade, de convivência pacífica, e se realiza – como diz uma meditação – pela paz na Terra aos homens de boa-vontade.

Assim é a internet para os homens de boa-vontade...
E sempre existirá a esperança de que ela poderá ter um significado positivo também para os demais, pois, afinal, o desejo do Criador é de que a paz e o amor cheguem não apenas para os homens de boa-vontade, mas para todos, especialmente aos que ainda não encontraram a boa-vontade!
Oriza Martins/2006

Feito com amor...

Oriza Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário