Postagem em destaque

FORBES divulga as marcas mais valiosas do mundo em 2018

Uma marca robusta ajuda a aumentar a demanda e o poder de preço. As cinco marcas de tecnologia mencionadas fazem isso melhor do que quai...

sábado, 27 de agosto de 2011

Imagens da execução de Saddam revoltam mundo árabe




O ex-homem forte do Iraque é empurrado para forca, com a corda no pescoço: as imagens do enforcamento de Saddam Hussein não têm precedentes no mundo árabe(1), onde correm o risco de reforçar a ira e o sentimento de humilhação, opinam os analistas.

A sensação é exacerbada pela escolha da data da execução, já que o ex-ditador iraquiano, derrubado em 2003 por uma invasão liderada pelos Estados Unidos, foi enforcado na manhã de sábado, primeiro dia do Aid al-Adha, a festa muçulmana do sacrifício. “Saddam foi levado pela força como um cordeiro(2) à espera de ser sacrificado”, afirma Emad Gad, analista político do centro de Estudos Estratégicos de Al-Ahram, no Egito.

“O principal problema(3) é que a execução aconteceu na manhã do Aid al-Adha. Isto provocará revolta e humilhação entre as pessoas, tenham apoiado Saddam ou não”, acrescentou. “Em geral, na região, as pessoas já são antiamericanas. Estas imagens aumentarão este sentimento”, destacou.

“O governo iraquiano está inquieto com a situação interna e só está interessado no impacto interno das imagens; as vítimas de Saddam vão gostar e seus partidários perceberão que a era Saddam terminou de uma vez por todas”, disse. Para Emad Gad, no entanto, as imagens dos últimos momentos do ex-ditador iraquiano poderiam enviar uma “mensagem” aos outros regimes autoritários do Oriente Médio, o que os faria refletir antes de cometer crimes contra seu próprio povo(4).

Nenhum comentário:

Postar um comentário