Postagem em destaque

Casamento Real

O Príncipe Harry e a atriz norte-americana Meghan Markle casaram-se neste sábado (19) na Capela de São Jorge, no castelo de Windsor. Co...

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Copacabana

Copacabana é um bairro situado na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. É um dos bairros mais famosos do Brasil. Tem o apelido de Princesinha do Mar. Faz divisa com os bairros da Lagoa, Ipanema, Botafogo e Leme. Possui em torno de 150 000 habitantes.


Copacabana atrai um grande contingente de turistas para seus mais de oitenta hotéis, que ficam especialmente cheios durante as épocas do ano-novo e do carnaval. No fim de ano, a tradicional queima de fogos na Praia de Copacabana atrai uma multidão de pessoas. A orla ainda é lugar de variados eventos, como shows nacionais e internacionais, durante o resto do ano.
Há duas hipóteses etimológicas para o nome Copacabana. A primeira alega que o termo vem da língua quíchua e significa lugar luminoso ou praia azul.[2] Outras fontes apontam o termo como originário da língua aimará e significaria vista do lago (kota kahuana). Na Bolívia, Copacabana é o nome dado a uma cidade situada às margens do Lago Titicaca, fundada sobre um antigo local de culto inca homônimo. Segundo a lenda, Nossa Senhora teria aparecido no local para um jovem pescador, que em sua homenagem esculpiu a imagem da santa que ficou conhecida como Nossa Senhora de Copacabana: a Virgem vestida de dourado pousada sobre uma meia-lua. Por ser patrona das águas, muitos navios espanhóis que saíam dos portos do Peru e Bolívia levavam cópias dessa imagem e assim foi que uma delas veio parar no litoral carioca, fundando-se a antiga Igreja de Nossa Senhora de Copacabana, construída por comerciantes espanhóis na freguesia que originalmente se chamava Sacopenapã. Logo a paróquia cresceu em importância e o bairro adotou o nome quêchua, abandonando o antigo nome tupi.
Por ficar numa área de difícil acesso, até o final do século XIX somente existiam na localidade o Forte Reduto do Leme, a pequena Igreja de Nossa Senhora de Copacabana e algumas chácaras e sítios.
Segundo o mesmo dicionário acima citado, o doutor Figueiredo Magalhães, médico de renome e residente no bairro, o recomendava a pessoas convalescentes, para repouso e, assim, cresceu o número de seus habitantes. Entretanto, somente com a inauguração de um túnel no Morro de Vila Rica (Túnel Velho), em 6 de julho de 1892, pela Companhia Ferro-Carril do Jardim Botânico (atual Light), entre Copacabana e Botafogo, o bairro começou a se integrar ao resto da cidade.


Com a ampliação das linhas de bonde até o Forte do Leme e à Igreja de Nossa Senhora de Copacabana (onde hoje fica o Forte de Copacabana), o bairro foi ganhando ruas e casas, fator acentuado ainda mais com a inauguração da Avenida Atlântica em 1906, na orla do bairro.
Na década de 1970, foi realizado pela SURSAN, por meio de dragas nacionais (a draga STER) e neerlandesas (a draga autotransportadora Transmundum III, pertencente à empresa de dragagem neerlandesa R. Boltje & Zonen – Zwolle, conduzida por Kor Boltje), um grande aterro hidráulico, comandado pelo engenheiro Hildebrando de Góis Filho, presidente da Companhia Brasileira de Dragagens, que ampliou a área de areia da praia e cujos objetivos principais eram: o alargamento das pistas da Avenida Atlântica, a passagem do interceptor oceânico — tubulação que transporta todo o esgoto da Zona Sul até o emissário de Ipanema — e evitar que as ressacas chegassem à Avenida Nossa Senhora de Copacabana e às garagens dos prédios da Avenida Atlântica. Este alargamento da praia foi de cerca de setenta metros de largura ao longo de toda sua extensão de quatro quilômetros.


Os estudos em modelos físicos hidráulicos dessa ampliação foram realizados no Laboratório Nacional de Engenharia Civil, em Lisboa. Nesse modelo lisboeta, trabalharam os engenheiros portugueses Fernando Maria Manzanares Abecasis, Veiga da Cunha, José Pires Castanho e Daniel Vera Cruz, além do engenheiro brasileiro Jorge Paes Rios.
Posteriormente, foi construída, na orla, uma ciclovia e alguns quiosques para atendimento ao público.
Moradores famosos

Presidentes da República
Eurico Gaspar Dutra
João Fernandes Campos Café Filho
Carlos Coimbra da Luz
Nereu de Oliveira Ramos
Juscelino Kubitschek de Oliveira
João Belchior Marques Goulart
Ranieri Mazzili
Emílio Garrastazu Médici
Tancredo de Almeida Neves
Governadores
Carlos Frederico Werneck de Lacerda
Magalhães Pinto
Leonel de Moura Brizola
Ministros de estado
Marcelo Caetano - Presidente do Conselho de Ministros de Portugal
Afrânio de Melo Franco
Henrique Teixeira Lott
Armando Falcão
Celso Furtado
Horácio Lafer
Lira Tavares
Lucas Lopes
Odílio Denys
Otávio Gouveia de Bulhões
Otávio Gondin
Outras personalidades
Assis Chateaubriand - jornalista
Cláudio G. Avelar de Araújo - empresário e político
Ângela Rô Rô - cantora e compositora
Bernardo Rezende - ex-jogador e técnico de vôlei
Rosa Magalhães – carnavalesca
Dorival Caymmi - compositor
Augusto Frederico Schmidt - escritor
Maysa - cantora e compositora
Paulo Coelho - escritor
Guto Graça - escritor
Jorge Amado - escritor
Jorge Rios - professor e escritor
Carlos Drummond de Andrade - poeta e escritor
Ferreira Gullar - escritor
Billy Blanco - compositor
Clóvis Bornay - carnavalesco
Mário Lago - ator e compositor
Neguinho da Beija-Flor - cantor e compositor
Josué Montello - escritor
Joel Silveira - jornalista
Cauby Peixoto - cantor
Darcy Ribeiro - sociólogo
Dercy Gonçalves - atriz
Braguinha - compositor
Bruno Medina - músico
Marta Rocha - ex-Miss Brasil
Jade Barbosa - ginasta
Marcão - ex-jogador de futebol
Júnior - ex-jogador de futebol
Jairzinho - ex-jogador de futebol
Roberto d’Ávila - jornalista
Nelson Motta - compositor e escritor
Nelson Sargento - compositor
Elis Regina - cantora
Elza Soares - cantora
Emilinha Borba - cantora
Eduardo Dussek - ator, cantor e compositor
Milton Banana - baterista e compositor
Angela Maria - cantora
Roberto Menescal - compositor
Marcelo Caetano - político
Veiga da Cunha - político
Narcisa Tamborindeguy - socialite
Glauco Rodrigues - artista plástico
João Roberto Kelly - compositor
Julio Bogoricin - empresário
Henri Salvador - cantor
Eneida de Moraes - escritora

Nenhum comentário:

Postar um comentário